Escolha uma Página

 

Malefícios do consumo excessivo de açúcar:

Não há quem não goste de um docinho, uma bala, um pedaço de bolo de chocolate ou um copo de refrigerante para tornar o dia mais doce. Além do prazer gustativo, os doces desencadeam reações químicas em nosso corpo que estimulam a liberação de hormônios relacionados ao bom humor e ao alívio do estresse mental. Porém, o excesso de doces e outros açúcares pode ser muito prejudicial ao nosso organismo, principalmente o açúcar branco refinado e as farinhas brancas de alto índice glicêmico. Ambos devem ser consumidos de maneira estritamente moderada para que não se tornem uma ameaça a saúde.
Devemos ter muita atenção para os malefícios do consumo excessivo de açúcares:

1- envelhecimento precoce: o açúcar é rico em radicais livres, que em excesso desencadeiam um efeito tóxico no organismo e aceleram o processo de envelhecimento das células. O sinal externo mais evidente desse processo é o envelhecimento precoce da pele, com o surgimento de rugas e aspecto envelhecido generalizado.

2- Desenvolvimento de doenças cardiovasculares: o consumo excessivo e constante de açúcares resulta no acúmulo de gordura corporal, queda nas taxas de HDL e aumento nos níveis de LDL colesterol e triglicerídeos. Associadamente a níveis elevados de pressão arterial, muitas vezes desencadeados pelo excesso de peso proveniente da ingesta excessiva de açúcar, temos o cenário perfeito para o desenvolvimento de doenças do coração, de suas artérias e outras pelo corpo, como as que irrigam o cérebro e outros órgãos vitais.

3- Resistência à insulina e diabetes mellitus: dietas ricas em açúcar fazem com que as células fiquem resistentes aos efeitos da insulina, fazendo com que mais açúcar fique em circulação no sangue, seja captado pelo fígado e armazenado na forma de triglicerídeos. Além disso, o pâncreas é forçado a cada vez mais liberar insulina, o que pode levar a danos às células produtoras desse hormônio e redução na capacidade de produção, criando condições ideais para o desenvolvimento da diabetes mellitus tipo 2.

4- Queda da imunidade: os açúcares afetam diretamente os glóbulos brancos responsáveis pela defesa do organismo contra agressões externas, tornando o organismo vulnerável a infecções.

5- Complicações bucais: os alimentos ricos em sacarose, um tipo de açúcar, prejudicam a dentição, propiciam o surgimento de cáries, inflamação gengival e proliferação bacteriana bucal.

6- Danos renais: o excesso de açúcar no sangue por tempo prolongado pode provocar a morte das células responsáveis pela filtração da urina nos rins, levando a insuficiência renal crônica a longo prazo.

7- Exaustão: a ingesta excessiva de açúcar contribui para a sensação de cansaço intenso e constante, já que o corpo gasta muito tempo e energia no processamento dessas moléculas no organismo, quebrando, digerindo e armazenando.
Se você tem dúvidas quanto à qualidade da sua dieta ou já tem apresentado alguns dos efeitos do consumo em excesso de açúcar, você deve procurar seu médico ou endocrinologista o mais breve possível. Prevencão sempre é a melhor escolha.

 Artigo escrito pela Dra. Ana Carolina De Camargo Soares CRM 146.767 SP Clínica Geral e Endocrinologia na MedicMais Ribeirão Preto.

Open chat